Configuração Mikrotik – Manual Becon

Última atualização: 18 out 2021 Saiba como configurar a tela de acesso da Becon em um modem Mikrotik, e crie uma experiência incrível para seus clientes.

Visão Geral

Está na hora da configuração do seu Mikrotik.

Nossas mais calorosas boas vindas (se for sua primeira vez) ou então é sempre um prazer ajudar (caso esteja apenas refazendo alguma configuração).

Agora, vale lembrar que caso sua rede precise de algumas configurações mais específicas, ou você mesmo preciso de features a mais para o seu Mikrotik, não deixe de conhecer nossos parceiros da MKController.

Então, sem mais delongas, vamos ao guia de configuração do seu Mikrotik!

Índice


Passo 1. Criar um Mikrotik na plataforma Becon

A. Acesse a plataforma da Becon, e no menu lateral acesse a engrenagem e o submenu Modem, e lá selecione a opção “Criar Modem”, no canto superior – conforme a imagem abaixo:

Figura 1 – Na plataforma da Becon

B. Selecione o item “Mikrotik” e informe o alias (Nome de Referência) e o macAddress do Routerboard à ser ativado – essa informação geralmente se encontra atrás do equipamento, com o nome de WLAN, conforme figura 3.

Figura 2 – Dados para criar o modem
Figura 3 – Informações do equipamento

C. Após cadastrar seu modem, será gerado um código de identificação com 13 caracteres – como na figura 4 abaixo. Guarde-o pois ele será necessário nas configurações dentro do Mikrotik.

Figura 4 – Código de Identificação

Passo 2. Atualizando o firmware

A. Já dentro do Mikrotik, acessado pelo IP dele (192.168.88.1), faça a atualização do equipamento para a última versão da árvore long term (também pode estar com o nome bugfix), essa aba pode ser acessada clicando em Check For Updates, dentro do submenu Packages. Para começar a atualização, clique em Download&Install.

Figura 5 – Packages

B. Quando a atualização terminar, volte a interface do mikrotik e confira se a versão foi instalada corretamente, a versão pode ser checada no cabeçalho da página, como mostra a figura abaixo.

Figura 6 – Versão do OS

Passo 3. Configurando o Captive

A. Baixe o conteúdo do hotspot disponível em nossa nuvem, clicando aqui ou no link: mikrotik_08-06-20.zip

B. Utilizando um programa FTP, neste guia utilizamos o FileZilla, faça o upload da pasta flash baixada, conforme a imagem abaixo.

Figura 7 – Nós utilizamos o Filezilla, mas você pode usar qualquer programa FTP

Passo 4. Criando um servidor Radius

A. Volte para a interface do Mikrotik, acessada pelo IP dele (192.168.88.1) e acesse a aba Radius, no menu lateral. Já no submenu Radius, clique em Add New para criar um novo servidor Radius com os seguintes parâmetros:

Figura 8 – Radius
Figura 9 – Servidor Radius

Dados do servidor Radius 1:

IP: 54.233.83.242
Secret: becon@radius
Authentication Port: 1812
Accounting Port: 1813
Timeout: 10000

B. Por segurança, recomendamos adicionar dois outros servidores Radius que trarão redundância e garantirão que continue funcionando caso um deles deixe de funcionar temporariamente, são eles:

Dados do Servidor Radius 2:

IP: 20.206.114.61
Secret: becon@radius
Authentication Port: 1812
Accounting Port: 1813
Timeout: 10000

Dados do Servidor Radius 3:

IP: 20.206.112.164
Secret: becon@radius
Authentication Port: 1812
Accounting Port: 1813
Timeout: 10000

C. Os servidores Radius irão aparecer na listagem de servidores, acessível pelo menu lateral – como na Figura 10 abaixo.

Figura 10 – Servidores Radius

Passo 5. Criando e configurando a bridge

A. Primeiramente crie uma interface virtual wlan, para poder confirmar a criação é necessário atribuir um SSID, esse campo dará o nome ao wi-fi de clientes – Figura 12.

Figura 11 – Acessando as configurações
Figura 12 – Atribuindo SSID

B. Na aba lateral bridge clique em Add New, nenhuma configuração extra é necessária, apenas recomendamos colocar um nome diferente para a bridge – utilizamos bridge-becon.

Figura 13 – Adicionar uma Bridge
Figura 14 – Configurar a nova Bridge

C. Ainda em bridge, na aba superior Ports clique em Add New,  altere a interface e a bridge como demonstrado na imagem abaixo:

Figura 15 – Configurações de Portas
Figura 16 – Configurações de interface e Bridge

Passo 6. Configurando as senhas

A. Para configurar a senha do wi-fi da rede administrativa, vá em Security Profiles, dentro da aba Wireless e clique em Add New.

B. Dentre os tipos de autenticação, escolha o WPA2 PSK, e defina a senha no campo WPA2 Pre-Shared Key, a senha deve conter no mínimo 8 caracteres. Escolha um nome pro profile para ficar mais fácil encontrá-lo no próximo passo – utilizamos profile-becon.

Figura 17 – Configurações de Senha

C. Ainda na aba Wireless, na aba superior Wifi Interfaces, clique na wlan1, dentro dela configure o SSID com o nome da rede administrativa e o Security Profile de acordo com o perfil recém criado.

Figura 19 – SSID + Security Profile
Figura 18 – Wlan 1

D. Para configuração da senha de acesso do mikrotik, vá no submenu Password, basta colocar a nova senha e confirmar reescrevendo ela. Como, por padrão, o mikrotik não possui senha, não é necessário preencher o campo Old Password.

Figura 20 – Passwords

Passo 7. Criando o hotspot

A. Ainda no menu do mikrotik, Acesse o item IP, seguido pelo item Hotspot. Na tela que abrir, clique no botão Hotspot Setup, e você poderá definir todos os detalhes para o seu Hotspot. A configuração é feita através de um assistente que guia você por todas as etapas. Na primeira etapa, você deve definir a interface na qual pretende executar o ponto de acesso, coloque na bridge que criamos – no caso do manual a: bridge-becon.

Figura 21 – Interface que deve ser escolhida

B. Na segunda e terceira etapas, você deverá escolher o intervalo de endereços IP que serão atribuídos aos clientes conectados à este modem. Por padrão, utilize o mesmo da imagem abaixo (“10.5.40.1/24”)

Figura 22 – Intervalo de IPs

C. Na quarta etapa, é possível fazer o upload de um certificado SSL, se necessário. Por padrão, escolha “None”.

Figura 23 – Upload de certificado SSL

D. Na quinta etapa você pode escolher o endereço IP do servidor SMTP. Por favor, deixe o valor padrão, pois não usaremos nenhum servidor SMTP.

Figura 24 – Endereço IP do servidor SMTP

E. Na sexta etapa você deve escolher os servidores DNS usados pelo ponto de acesso. O valor recomendado é 8.8.8.8.

Figura 25 – DNS

F. Na sétima etapa você deve digitar um nome DNS. Você deve informar becon.sys aqui.

Figura 26 – Nome do DNS

G. Na oitava etapa deixe o padrão, o usuário como admin e sem senha.

Figura 27 – Usuário e senha

H. Em seguida, um perfil do servidor de ponto de acesso é criado automaticamente. Vá então à aba superior Server Profiles, e clique no servidor criado, o nome por padrão vem como: hsprof1, lá devemos configurar o seguinte:

Figura 28 – Server Profiles

Name: será gerado automaticamente
Hotspot Address: por padrão, é 10.5.40.1
DNS Name: Deve ser becon.sys
HTML Directory: escolha a opção flash/hotspot
Deixe selecionado as opções HTTP CHAT, HTTP PAP e CookieCuidado, pois por padrão, elas não estarão selecionadas.
HTML Cookie Lifetime: 12:00:00

Deixe selecionado a opção Use Radius – Cuidado, pois por padrão, ela não estará selecionada.

Figura 28 – Server Profiles Radius

Passo 8. Criando o hotspot

A. Ainda nos menus do mikrotik, acesse a aba System, seguido do item Identity e copie o código retornado pela plataforma Becon – mencionado no passo 1.C deste manual.

Figura 29 – Configurações de Identity

Passo 9. Configurando o Walled Garden

A. No menu superior do Hotspot, você encontrará o item Walled Garden. Acesse-o, e clique em Add New, informe o Server já criado, provavelmente com o nome hsprof1, informe o Dst. Host como *.becon.com.br e a Dst. Port como 80. Repita esse processo, mas no Dst Port informe a porta 443.

Figura 30 – Submenu Walled Garten

Passo 10 . Configurando o perfil de usuário

A. Ainda no menu superior do Hotspot, você encontrará o item User Profiles. Acesse-o, e clique no perfil default, informe o valor de 12:00:00 para os seguintes campos: Session Timeout, Keepalive Timeout, MAC Cookie Timeout.

Figura 31 – Perfil de usuário

PARABÉNS!

Ao seguir o nosso manual de Configuração do Mikrotik, seu modem está pronto para, junto da Becon, criar uma experiência ainda mais incrível e com mais qualidade para seus clientes!

Escrito por:

últimos posts

A Becon quer ajudar você a conseguir Leads qualificados, de forma orgânica, prontos para mexerem o ponteiro das suas estratégias de marketing online e offline. A Becon é sua parceira para tudo isso – e de acordo com a LGPD e o Marco Civil da Internet.